O que é

Se for útil uma definição, podemos dizer que o Mindfulness é “a consciência que emerge de se prestar atenção ao momento presente, intencionalmente e sem julgamento, às coisas como elas são.”
Mindfulness

Quem o define assim é o próprio Jon Kabat-Zinn, o médico e investigador norte-americano que adaptou os ensinamentos budistas de consciência plena para desenvolver intervenções baseadas em Mindfulness para a redução de stress e ansiedade, entre outras condições. Ao fazê-lo, removeu o mindfulness de um quadro religioso ou espiritual e desenvolveu essas intervenções num contexto puramente científico, iniciando uma linha de investigação sobre os seus efeitos na saúde e bem-estar que já conta com milhares de artigos científicos publicados.

O trabalho Kabat-Zinn teve início na Clínica de Redução de Stress na Medical School da Universidade de Massachussets, que fundou em 1979. Foi aí que desenvolveu o programa de oito semanas de redução de stress baseado em mindfulness, o famoso MBSR (Mindfulness-Based Stress Reduction) que já foi completado por muitos milhares de pessoas em todo o mundo.

Na perspetiva budista, o nosso estado de consciência habitual é visto como sendo limitado e limitativo, como se estivéssemos num sonho alargado. A meditação mindfulness é introduzida para nos ajudar a acordar desse sonho de automatismo e inconsciência. O Mindfulness é uma prática e um processo que desenvolve as capacidades inerentes a cada ser humano de prestar atenção, de observar o corpo, a mente e a respiração.

A este respeito, contudo, é importante notar que a meditação Mindfulness não procura atingir nenhum estado particular mas apenas desenvolver a consciência do que se está a sentir em cada momento. Jon Kabat-Zinn explica-o melhor do que ninguém:

“Quando falamos de meditação é importante que saiba que com isso não queremos dizer uma atividade estranha e críptica como a nossa cultura popular costuma entendê-la. Não é preciso transformar-se num zombie, num vegetal ou num narcisista absorvido em si mesmo, a olhar para o umbigo, num cultista, devoto, místico ou filósofo oriental. A meditação e simplesmente sermos nós próprios e sabermos um pouco do que isso é. Consiste em percebermos que estamos no caminho quer gostemos dele ou não, ou seja no caminho que é a nossa vida. A meditação pode ajudar-nos a ver que este caminho a que chamamos a nossa vida tem direção; que está sempre a revelar-se, momento a momento; e que aquilo que acontece agora, neste momento, influencia o que acontece a seguir.

Jon Kabat-Zinn, “Para Onde Quer Que Vás, Aí Estarás”, Nascente, 2018

Em resumo, o Mindfulness envolve prestar atenção à nossa experiência no momento presente, com curiosidade, compaixão e aceitação. É uma mistura entre a psicologia moderna e a sabedoria ancestral de meditação, que nos ajuda a viver a vida mais plenamente e com um sentido mais ampliado de perspetiva.